Pré-wedding Mel e Léo

Senta que lá vem história, poque eu escrevi esse post em um domingo e estava bem inspirada. Afinal, amizade sempre me inspira.

Tá chegando a hora de Mel e Léo dizer SIM e antes de falar mais dessa história, que falar noiva Melina, amiga de infância, vizinhas de muro e de nomes invertidos (sempre falava Millena e Melina).

Andar de bicicleta na Rua de Melina e Sthella era a diversão da tarde, já que eu morava em uma avenida Helen (minha irmã) e eu sempre arrodeávamos o quarteirão para pedalar junto com as meninas, e dona Sebastiana vó das meninas, sempre olhava a gente. Isso quando não passávamos a bicicleta por cima do muro. (Promessas do meu pai – in memorian – fazer um portão de acesso do nosso prédio para o prédio das meninas, até hoje esperamos hahahaha).

Naquela época não era tão perigoso brincar na rua como é hoje.  E ainda tinha os irmãos Herbert e Betinho que fazia parte do sexteto de amigos.

Foi uma fase maravilhosa, fazíamos concurso de dança com músicas do É o Tchan, fingíamos ser artistas de teatro e fazíamos apresentações de peças como Sítio do Pica Pau Amarelo, Os Saltimbancos… Ainda me lembro de Sthellinha dançando:

“O meu mundo era o apartamento

Detefon, almofada e trato

Todo dia filé-mignon

Ou mesmo um bom filé… de gato…”

Podemos dizer que tivemos uma infância feliz e divertida. Suely, a mãe de Melina, é professora e também brincávamos de escolinha.

O tempo passou, crescemos e as brincadeiras acabaram. O contato já não era mais o mesmo, a não ser nas paradas de ônibus. As responsabilidades aumentaram: trabalho, faculdade, pós-graduação. E quem eu encontro no 1º dia de aula na pós? Melina. E foi bem legal fazer pós-graduação juntas, pois fazíamos companhia uma à outra na volta para casa.

Mas agora o foco mudou. Somos noivas e logo menos Melina vai dizer SIM a Léo diante de Nosso senhor Jesus Cristo. Falta menos de dois meses para este grande dia e eu estou na torcida desde já por eles.

Mel e Léo se conheceram através de amigos em comum e como eu e meu noivo eles são mais uma casal que se conheceram no carnaval de Olinda. Na casa de Dona Sebastiana, vó de Melina já é costume ter um almoço na quarta-feira de cinzas e Léo a convite de um amigo foi para la. Depois de um tempo eles se reencontraram novamente no carnaval e Léo investiu pesado em Melina (ela é dura na queda e só no final do ano que cedeu ao charme dele). E foi na Igreja do Carmo em Olinda que tudo começou, local deste ensaio lindo feito pelas lentes de Rafaelly Lemos.

Já são dois anos e 10 meses de namoro e como eles já vinham falando em casamento as coisas simplesmente aconteceram e a festa já está batendo a porta. O que seria para Novembro de 2017 foi antecipado para dezembro de 2016.

 Mel me disse: “Estamos aqui na ansiedade para viver esse dia lindo na Igreja do Carmo, local do nosso primeiro encontro e da santa que é padroeira da minha mãe”.

Mel, estamos aqui ansiosos também para ver o registro desse dia lindo, que marcará o início de mais uma família de Deus.

mae-euvoucasar-pre-wedding-meleleomaeeuvoucasar-pre-wedding-meleleomaeeuvoucasar-pre-wedding-mel-eleomaeeuvoucasar-prewedding-meleleomaeeuvoucasar-pre-wedding-mel-leo

Um comentário sobre “Pré-wedding Mel e Léo

  1. Milla, que coisa mais linda!!! São tantas emoções: nossa infância, o meu casamento, o seu logo logo! ❤ ❤ É tão bom curtir essa fase com pessoas queridas ao nosso lado 🙂 Obrigada, de coração, pela homenagem 🙂 Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s